Mesa do Macroprojeto de Ética Ambiental e Animal – V Jornada de Bioética (PPGBIOS)

O LEA tem o prazer de divulgar a mesa do Macroprojeto de Ética Ambiental Animal (PPGBIOS) na V Jornada de Bioética! Venha discutir e pensar um mundo mais justo e inclusivo ao nosso lado.

Para maiores informações de como participar, acessar:https://ppgbios.wixsite.com/vjornadadebioetica
(nesse endereço você poderá fazer sua inscrição – que não é obrigatória para participação da nossa mesa e que também poderá ser feita lá na hora – e checar a programação completa do evento)

Atividades da Semana Acadêmica UFF 2018

No decorrer da próxima semana (dias 16, 17 e 18 de outubro) o LEA tem o prazer de convidar a todes para compor e participar das variadas atividades organizadas pelo laboratório. As atividades serão realizadas tanto na Infes/UFF de Santo Antônio de Pádua quanto na UFF de Niterói. É importante ficar atente aos horários, datas e locais presentes nos cartazes aqui disponibilizados. Aguardamos vocês lá! Por um mundo mais justo e livre de opressões, venha construir esses espaços com a gente!

 

Infes/UFF – Santo Antônio de Pádua
UFF – Niterói
UFF – Niterói
Infes/UFF – Santo Antônio de Pádua
Infes/UFF – Santo Antônio de Pádua
Infes/UFF – Santo Antônio de Pádua

Dia Mundial de Combate ao Especismo

25 de agosto, dia mundial de luta contra o especismo.

O especismo é o termo empregado na literatura filosófica para designar o tratamento injustificável, sob o ponto de vista moral, que produz dor e sofrimento aos animais não-humanos. Logo, entende-se por especismo uma forma de conceituar e denunciar o preconceito e discriminação baseados na categoria de espécie. Afinal, por qual razão a espécie seria o critério determinante sobre a qual deveríamos definir a importância da vida de alguém? Por qual razão seria a espécie a categoria que qualificaria uma vida como matável ou não matável?

Por essa razão, no dia 25 de agosto o mundo inteiro se reúne para denunciar a ideologia que naturalizou a violência praticada diariamente contra os animais não-humanos, seja na industria de alimentos, cosméticos, entretenimento, experimentação cientifica etc., fazendo perpetuar uma lógica de dominação absoluta contra todos aqueles que são capazes de experimentar a dor, sofrimento, prazer e felicidade, assim como nós.

Nesta data, o LEA se une a todas as pessoas que lutam contra as práticas cotidianas, estruturais e institucionais que violentam, maltratam, exploram e matam os animais não-humanos. O LEA se une às vozes contra o especismo, na mesma medida e intensidade que se junta às lutas e movimentos contra o racismo, classismo, sexismo, LGBTIfobia e todas as demais marcações sociais de preconceito e discrminação que reproduzem opressões e hierarquias injustificáveis, ética e politicamente.

O LEA, no dia mundial de combate ao especismo, propõe um veganismo crítico-interseccional que reflita de forma criativa e ecológica caminhos possíveis para uma vida não-violenta. Se permitir ouvir as vozes e gritos dos animais integra nosso projeto e ação de justiça que, para além de mercantilização das vidas (humana, não-humana e da natureza) e do esvaziamento da bio-diversidade, busca uma práxis contra hegemônica que passe por todas as dimensões do cotidiano, inclusive nossos hábitos alimentares. Afinal, o veganismo como alternativa não é um estilo de vida, mas uma Teoria da Justiça que destaca a importância de sairmos da alienação imposta pelo capitalismo e de nos emanciparmos: todas, todes e todos, animais humanos e não-humanos.

Oficinas sem Crueldade: seleção de estudantes

Relação de estudantes que passaram pela seleção para organização da 1ª edição das Oficinas sem Crueldade do LEA, que serão realizadas no dia 30 de maio de 2018, na FEUFF, localizada no bloco D do campus do Gragoatá, em Niterói.

 

Beatriz Lemos Ornelas Silva
Beatriz Viana Guimarães
Elianaia Barros da Cunha
Elisa Karocine Reiche Velloso
Gabriel Martinusso Ribeiro
Gabriela Nascimento Santos Silva
Gabrieli Santos do Nascimento
Julia Cristina Teixeira dos Santos
Júlia Gleich de A. Santos
Juliana Dos Santos Barcelos
Maria Eduarda dos Santos de Andrade
Natália Cerqueira Valente

As pessoas selecionadas receberão um e-mail com maiores informações.

Para conhecer as Oficinas sem Crueldade do LEA, acesse http://lea.eco.br/oficinas-sem-crueldade/

Até lá.